quinta-feira, 31 de agosto de 2017

EM BUSCA DO FORTALECIMENTO DO TURISMO DA NOSSA REGIÃO!


Por meio de um projeto de Lei conseguimos garantir o título de MIT - Município de Interesse Turístico para mais quatro cidades da região: Bebedouro, Colina, Monte Alto e Serrana. Com isso, cada um desses municípios receberá, anualmente, recursos no valor de R$ 550 mil reais para investir no setor turístico.
Em maio deste ano, as cidades de Barretos, Brodowski, Rifaina e Santo Antônio da Alegria também foram declaradas MIT. E neste semestre, entrei com novos projetos solicitando o título de MIT para os municípios de Serrana e Taquaritinga. No mês passado, representantes das duas cidades me entregaram os documentos necessários para darmos andamento aos pedidos. Agora, é só aguardar o governo estadual assinar o autorizo e transformar, oficialmente, Serrana e Taquaritinga em MIT.

Com o secretário da Cultura de Taquaritinga, Thiago Duarte, e o vereador Marcos Bonilla

O secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Serrana, Edimilson Alves da Silva (Jabá),
o assessor Gabriel Morais, eu, e Marta Pereira (gestora de convênios da prefeitura de Serrana)

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

PARE DE FUMAR!

A nicotina e as substâncias presentes no cigarro e em derivados são responsáveis por provocar até 50 tipos de doenças, segundo a OMS. Entre as mais graves e mortais estão o câncer e o infarto. Além do evidente risco de morte, consumir tabaco gera um gasto excessivo para o fumante, que além do cigarro ou similar ainda vai ter mais gasto com saúde. Tanto que estudo aponta que parar de fumar rende economia de mais de 2 mil reais anuais.


TRATANDO DAS DEMANDAS DE NUPORANGA

O prefeito Daniel Viana, eu, e o vereador Serginho Anholeto
Na tarde de ontem, 29/08, recebi, em meu gabinete na Alesp, o prefeito de Nuporanga, Daniel Viana, e o vereador Serginho Anholeto. Ao longo de nossa reunião discutimos ações em prol da cidade de Nuporanga. Com certeza essa será mais uma importante parceria em busca de melhorias e benefícios para a nossa região.

HOMENAGEM DO PROGRAMA "SUPER SÁBADO"

Momentos do programa "Super Sábado" do último dia 26/08
No sábado, 26 de agosto, fui agraciado por uma bela e emocionante homenagem feita pelo programa "Super Sábado", da Rádio 79 AM. Foram duas horas ouvindo depoimentos maravilhosos e relembrando passagens e histórias que vivi. E é com grande alegria no coração que quero agradecer aos apresentadores do programa Edu Gomes e Luis Rodrigues, às minhas assessoras, aos meus filhos, netos, familiares e amigos que fizeram desse momento inesquecível. 


RECURSOS EM PROL DO POSTO DE SAÚDE DE MOMBUCA, EM GUATAPARÁ

A quinta-feira, 24/08, foi repleta de atendimentos em prol das cidades da minha região de atuação. Entre as reuniões, estive com o vereador de Guatapará, Julio Ebisawa, que veio solicitar recursos para a compra de equipamentos que atendam às necessidades do posto de saúde localizado no bairro Mombuca. Com certeza levarei esse pedido adiante, insistindo, junto ao governo estadual, pelo pronto atendimento dessa demanda.
Eu e o vereador Julio Ebisawa

RECURSOS PARA O MUNICÍPIO DE BRODOWSKI

Momentos da reunião com os vereadores de Brodowski
Na manhã do dia 24/08, me reuni, em meu escritório regional, com os vereadores de Brodowski: Alifer Ferreira, Fábio Severi e Luciana Ferreira (Pixoca), que me procuraram solicitando recursos para o município. Sem dúvidas levarei os pedidos ao conhecimento do governo de SP, buscando, o mais rápido possível, a conquista de todas as demandas apresentadas.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

25ª FENASUCRO & AGROCANA SUPERA 10% DAS ESTIMATIVAS EM GERAÇÃO DE NEGÓCIOS

Na companhia do secretário estadual de Energia, João Carlos Meirelles, e do presidente da Fenasucro, Antônio Eduardo Tonielo (pres. da Copercana, Siccob Cocred e Sindicato Rural de Sertãozinho)
Entre os dias 22 e 25/08 representei a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo na Fenasucro & Agrocana 2017 (Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética). Ao longo desses dias participei da abertura da feira, visitei stands, concedi entrevistas e tive a oportunidade de prestigiar a palestra do secretário estadual de Energia, meu amigo João Carlos Meirelles, que, na ocasião, abordou a importância da bioeletricidade para o Estado de SP.
Nesta edição, a Fenasucro & Agrocana (considerada a maior feira mundial do setor sucroenergético) comemorou 25 anos com um fato inédito: contou com Elizabeth Farina (pres. da ÚNICA - União da Indústria de Cana-de-Açúcar) como sua presidente de honra. Além disso, em 2017, a feira entrou para a história do setor sucroenergético com o Renovabio - programa do Governo Federal que visa estimular a produção de etanol e biocombustíveis no Brasil.

Acompanhe, abaixo, os principais números da 25ª Fenasucro & Agrocana:

- 4 dias de evento;

- 70 mil m² de exposição;

- Mais de 1.000 marcas nacionais e internacionais;

- Mais de 300 horas de conteúdo gratuito;

- Mais de 35.000 mil visitantes qualificados;

- U$90 milhões em negócios gerados durante a Rodada de Negócios Internacional;

- Superação de 10% das estimativas em geração de negócios na Rodada de Negócios Nacional.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

INTERNACIONALIZAÇÃO DO AEROPORTO LEITE LOPES


Na manhã desta quinta-feira, 24/08, o presidente da República, Michel Temer, assinou o Termo de Compromisso para liberação de recursos para o Aeroporto Leite Lopes. Durante a solenidade, que foi realizada no Palácio do Planalto, em Brasília, fui representado pelo meu filho, vereador Maurício Gasparini.
A verba, no valor de R$ 88 milhões, será utilizada no reforço e alargamento da pista, construção de turn around para manobras de grandes aeronaves, ampliação no pátio de aeronaves e ampliação do terminal de passageiros de 5 mil para 20 mil metros. Isso tudo permitirá que o aeroporto de RP passe a receber grandes aeronaves e a operar em patamar internacional. Isso gerará emprego e renda para a nossa região metropolitana.
Os próximos passos para efetivação da ampliação do aeroporto será a elaboração do projeto por parte do governo do Estado de São Paulo, previsto para ser entregue até dezembro deste ano. A licitação e início das obras estão previstas para o primeiro semestre de 2018.
O projeto executivo será contratado pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), responsável também pela execução das obras. Dos R$ 88 milhões, o governo federal vai repassar ao Estado R$ 80 milhões, o restante será responsabilidade do governo paulista. A liberação dos recursos acontecerá de acordo com o cumprimento das etapas previstas no plano de trabalho.
De acordo com o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira Júnior, a prefeitura irá fazer toda a recuperação da avenida Thomaz Alberto Whately e da avenida Brasil até a rodovia Anhanguera, avenida Recife, avenida 19 de Junho e melhorar todo entorno do aeroporto para que ele tenha a infraestrutura ampliada e reforçada.
Para mim é um momento de grande alegria ver mais essa conquista para a cidade e principalmente para o aeroporto, no qual tenho uma longa história de obras e conquistas.
O aeroporto Leite Lopes foi inaugurado em 1939 e de lá pra cá o aeroporto passou por amplas reformas, entre elas, quando eu cumpria um de meus mandatos como prefeito de Ribeirão Preto, ampliamos a pista de pouso (de 1.800 metros para 2.100 metros); a pista de taxiamento foi de 730 para 2.100 metros; o novo pátio de estacionamento foi ampliado para 27.600 metros quadrados; foi instalada uma nova cabina de força; recuperado o sistema elétrico, feito o balizamento das pistas e implantada iluminação dos pátios.
Em 2006, por exemplo, quando estava no meu quarto mandato de prefeito, a pista do aeroporto ganhou mais 15 metros de largura, passando a 45 metros, além de ter sido adicionado ao asfalto uma substância, chamada polímero, que garante maior aderência entre a pista e os pneus das aeronaves. Também, durante o meu último mandato de prefeito, foram realizadas obras de ampliação e reforma do terminal de passageiros e no galpão de cargas.
Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), no ano passado, a movimentação de passageiros no aeroporto Leite Lopes foi de quase um milhão. Já no primeiro semestre de 2017 foram mais de 446 mil viajantes.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

ABERTURA DA 25ª FENASUCRO & AGROCANA

Meu filho, vereador Maurício Gasparini, e eu prestigiando a Fenasucro & Agrocana 2017

Representando a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, participei, na tarde de ontem, 22/08, juntamente com o meu filho, vereador Maurício Gasparini, da abertura oficial da Fenasucro & Agrocana 2017 (Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética).
O evento, realizado em Sertãozinho, é considerado a maior do mundo no segmento, reunindo toda a cadeia produtiva do setor sucroenergético. Nesta edição, a Fenasucro & Agrocana está comemorando 25 anos e nesse jubileu de prata a feira, como fato inédito, conta com Elizabeth Farina como sua presidente de honra. Em seu discurso, Beth Farina (que também é presidente da ÚNICA - União da Indústria de Cana-de-Açúcar), ressaltou o seu orgulho em ser a primeira mulher a presidir a Fenasucro e destacou a importância do evento e sua capacidade de oferecer produtos e soluções que são base para o crescimento do setor.
 Essa edição da Fenasucro & Agrocana também deve entrar para a história do setor sucroenergético com o Renovabio - programa do Governo Federal que visa estimular a produção de etanol e biocombustíveis no Brasil. De acordo com os organizadores, são esperados 35 mil visitantes brasileiros e internacionais, que devem gerar R$ 3,1 bilhões em negócios e participar de mais de 300 horas de troca de informações através de palestras, workshops e conferências.
Entre várias autoridades políticas e do setor sucroenergético, a abertura da feira contou com a participação do governador Geraldo Alckmin.



Maurício e eu com vereadores de Sertãozinho: Rogério Rodrigues,
Dr. Wilsinho e Antônio Marcolino

Aqui com o amigo Elson Gentil Castro, da prefeitura de Araraquara

Momento do meu discurso durante a abertura da feira



terça-feira, 22 de agosto de 2017

PARABÉNS, BRODOWSKI!


1º ENCONTRO DA REGIÃO METROPOLITANA DE RIBEIRÃO PRETO

Na manhã desta segunda-feira, 21/08, participei do 1º Encontro da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, organizado pela Comissão Permanente de Assuntos Metropolitanos da Câmara Municipal de Ribeirão Preto (presidida pelo meu filho, vereador Maurício Gasparini).
Esse encontro reuniu, no Plenário da Câmara de RP, representantes dos 34 municípios que fazem parte da Região Metropolitana de Ribeirão Preto – RMRP para dar início aos trabalhos de formação do Parlamento Metropolitano da RMRP. Para compor o evento contamos com a palestra do prefeito de RP e pres. do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira Júnior, e com a explanação do pres. do Parlamento Regional da Região Metropolitana de Campinas e pres. da Câmara Municipal de Indaiatuba, vereador Hélio Ribeiro.
Como sempre digo: “a união faz a força” e é assim, engajados e unidos, que conquistaremos, cada vez mais, benefícios para a nossa recém-criada RMRP. 
Na companhia do vereador de Cravinhos, Irmão Carlos, e os vereadores de Tambaú: Sérgio Nunes de Carvalho, Luis Fernando Neves e José Luiz Furtado

Eu e as vereadoras de São Simão: Maria do Carmo Rodrigues e Rita Bonagamba

Eu e o vereador Marcelo Simão, de Santa Rita do Passa Quatro

Plenário da Câmara Municipal de RP lotado

O palestrante, vereador Hélio Ribeiro

Discursando durante o 1º Encontro da Região Metropolitana de RP

Com o vereador de Sertãozinho, Dr. Wilson Pires Filho

Recebendo solicitações de Pradópolis das mãos do vereador Daniel Souza

A embaixadora da Paz da ONU, Rose Neves, eu, e Celia Moraes

Com o vereador de Cássia dos Coqueiros, Éder Viana

Aqui, com os vereadores de Orlândia, Dr. Rodrigo Alves e Max Define


Eu e meu filho, vereador Maurício Gasparini, com o amigo Wellington Rosa (vereador de Morro Agudo)

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

1ª SEMANA MUNICIPAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DE RP É REALIZADA COM SUCESSO


Ao longo da última semana, entre os dias 14 e 18/08, foi realizada a 1ª Semana Municipal de Segurança Pública de Ribeirão Preto.
Organizada pela Comissão de Segurança Pública da Câmara de RP, na qual o meu filho, vereador Maurício Gasparini, é presidente, a “Semana” contou com várias palestras relacionadas ao tema e reuniões para discutir a segurança pública.
Logo no primeiro dia do evento, 14/08, estivemos no Sindicato Rural de Ribeirão Preto, onde foi apresentada uma ideia inovadora: a extensão do programa “Vizinhança Solidária” para o meio rural. Na terça-feira, 15/08, nas dependências do CPI 3, os participantes prestigiaram uma palestra abordando o tema: "Defesa civil e ordem pública". Em 16/08, foi realizado o encontro dos CONSEG´s da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, onde foram discutidos os temas: "Vizinhança Solidária", "Prevenção Primária contra o crime", e o "O novo papel dos CONSEG´s e Guarda Civil Municipal na Região Metropolitana de Ribeirão Preto". Na quinta-feira foi realizada, no Plenário da Câmara Municipal de RP, uma sessão solene para a entrega de diploma comemorativo e de honra ao mérito às pessoas que se destacaram por sua atuação na área de segurança pública. No dia 18/08, encerrando a “Semana”, prestigiamos a palestra do juiz titular da 4ª Vara Federal de Ribeirão Preto, Dr. Augusto Martinez Perez, que debateu o "Combate à Corrupção". Após a explanação do Dr. Augusto Martinez foram realizados debates sobre o tema, com a presença de membros da Polícia Federal, Secretaria Estadual de Segurança Pública, Ministério Público Estadual (GAECO), Ministério Público Federal e demais autoridades na área de segurança.
Com muito orgulho, parabenizo o pres. da Comissão, vereador Maurício Gasparini (meu filho), pela iniciativa. Foram cinco dias de muito aprendizado e troca de ideias.
Discursando ao longo da primeira reunião da "Semana Municipal de Segurança Pública"

Meu filho, vereador Maurício Gasparini, presidindo a 1ª Semana Municipal de Segurança Pública de RP

Homenagem ao Cap. PM Maurício Rafael Jerônimo de Melo

Palestra do juiz Dr. Augusto Martinez Perez

PRESTIGIANDO MAIS UM “ENCONTRO COM EMPRESÁRIOS GRÁFICOS”

O pres. da ABRIGAF de SP, Sidney Anversa Victor, eu, e o pres. da ABRIGAF de RP, Wilson dos Santos
A convite da ABIGRAF (Associação Brasileira da Indústria Gráfica), seccional de Ribeirão Preto, participei do “Encontro com Empresários Gráficos”. O evento, realizado no hotel Dan Inn, contou com a presença do presidente da ABIGRAF Nacional, Levi Ceregato, do pres. da ABIGRAF de São Paulo, Sidney Anversa Victor, e do pres. da Associação de RP, Wilson dos Santos. Na ocasião, fazendo uso da palavra, parabenizei a ABIGRAF pela iniciativa de promover encontros dessa natureza todos os anos e, também, pelo respaldo oferecido aos seus associados.

Momento do meu discurso durante o encontro

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

10 ANOS DO PROTOCOLO AGROAMBIENTAL DO SETOR SUCROENERGÉTICO

Na manhã desta quinta-feira, 17/08, participei de reunião da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético. Na ocasião, debatemos os 10 anos do protocolo agroambiental do setor – que representa um modelo de parceria desenvolvido entre o setor produtivo e o Estado, no qual, voluntariamente, as usinas e fornecedores se comprometeram com a antecipação dos prazos legais para o fim da despalha da cana por meio do uso de fogo; a recuperação de matas em nascentes e a proteção das áreas de preservação de outros cursos d'água; e adoção de uma série de práticas de manejo para garantia da sustentabilidade em sua cadeia produtiva. No âmbito do Protocolo, até o final de 2017, os signatários terão eliminado por completo o uso da queima como método agrícola para despalha da cana-de-açúcar.

JUNTOS PELO COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Dra. Luciana Rêmoli, Dra. Carolina Gama, Dra. Regina Brito, eu, o pres. da Alesp, deputado Cauê Macris, a vereadora Glaucia Berenice, Dr. Sylvio Ribeiro, e o vice-prefeito de RP, Dr. Carlos Cezar Barbosa

Organizei, na tarde do último dia 15/08, uma reunião entre representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da cidade de Ribeirão Preto e a presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo – Alesp. O intuito do encontro foi discutir a criação de uma vara especializada que proteja as mulheres da violência doméstica e familiar, pois, atualmente, os serviços prestados para as mulheres são realizados em um anexo da prefeitura de RP.
Estiveram presentes na reunião o vice-prefeito de Ribeirão Preto e secretário de Assistência Social, Dr. Carlos Cezar Barbosa, a vereadora Glaucia Berenice, o assistente do Tribunal de Justiça, Dr. Sylvio Ribeiro, a juiza Carolina Gama (responsável pelo anexo de Violência Doméstica no município); a advogada Luciana Grandini Rêmoli (representando a 12ª. Subsecção da OAB-RP) e Regina H. Brito de Souza (presidente do Conselho Municipal de Defesa da Mulher - CMDM).
De acordo com a juíza Carolina Gama (responsável pelo anexo de Violência Doméstica do município), o número de processos em andamento mais que dobrou em dois anos. "Eram 2 mil casos e atualmente ultrapassam os 5 mil, resultando em mais de cem medidas protetivas ao mês. A vara especializada é muito necessária diante do número de pedidos acumulados e para que possamos fazer um serviço mais específico e com mais projetos voltados ao combate e à prevenção da violência", ressaltou ela.
No que diz respeito a mim, espero agilidade na aprovação dessa vara. É essencial que o projeto seja colocado imediatamente na ordem do dia assim que o Tribunal de Justiça envie-o para a Assembleia Legislativa de São Paulo.
Segundo dados da pesquisa "Instituto Avon/Ipsos - Percepções sobre a violência doméstica contra a mulher", as agressões atingem 2 milhões de mulheres no Brasil a cada ano e apenas 63% delas denunciam a violência.

Sobre a Lei Maria da Penha

A lei contra violência doméstica ganhou o nome da cearense Maria da Penha Maia Fernandes, agredida várias vezes pelo marido. Penha ficou paraplégica após levar um tiro do marido enquanto dormia, em 29 de maio de 1983.
Em 2006, a Lei Maria da Penha foi criada a fim de punir as agressões de forma mais severa. Até então, a violência doméstica era considerada crime brando, punido apenas com multa ou cestas básicas. Agora, a pena é de 1 a 3 anos de prisão e o juiz pode obrigar o agressor a participar de programas de reeducação ou recuperação.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

PROVIDÊNCIAS EM NOME DA SEGURANÇA PÚBLICA

Na manhã de ontem, 14/08, demos início à 1ª Semana Municipal de Segurança Pública de Ribeirão Preto e aproveitando o momento oportuno compartilho, aqui no blog, o discurso que fiz na tribuna da Alesp falando, justamente, sobre a necessidade de tomarmos providências na área da segurança pública, no que tange, por exemplo, o reajuste dos salários dos policiais.



segunda-feira, 14 de agosto de 2017

“VIZINHANÇA SOLIDÁRIA” SERÁ ESTENDIDA AO MEIO RURAL

Discursando durante abertura da 1ª "Semana Municipal de Segurança Pública"
Na manhã desta segunda-feira, 14/08, foi realizado, no auditório do Sindicato Rural de Ribeirão Preto, o lançamento da “1ª Semana Municipal de Segurança Pública”. Idealizada pela Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de RP (presidida pelo vereador Mauricio Gasparini) o início da Semana Municipal da Segurança Pública foi marcado pela apresentação de uma ideia inovadora: a extensão do programa “Vizinhança Solidária” (cujo maior êxito, conforme relato do capitão Mauricio Rafael Jerônimo de Mello, foi registrado no bairro City Ribeirão) para o meio rural. Também foi definida a criação de uma comissão específica para operacionalizar as ideias então levantadas (incluindo o programa de georreferenciamento exposto pelo capitão Emerson Vieira Coelho – comandante da  5ª Cia do 13º Batalhão da PM –   e pelo empresário Vander Furquim,  com bons resultados na região de Ibitinga) que contará com a participação dos vereadores integrantes da Comissão Permanente de Segurança Pública; de Paulo Maximiano Junqueira, representando o Sindicato Rural de Ribeirão Preto; do coronel Renato Catita, representando a prefeitura municipal  e do capitão Mauricio Rafael Jerônimo de Mello, representando a PM.
Participaram do evento, entre várias personalidades, o prefeito Duarte Nogueira, o coronel Washington Luiz Pestana (comandante do CPI-3), e Genésio Abadio de Paula e Silva (vice-presidente do Sindicato Rural de Ribeirão Preto). Em seu discurso, o prefeito Nogueira sinalizou a disposição da Prefeitura em participar de convênio para implantação do georrerenciamento na zona rural de Ribeirão Preto. Em minha oportunidade de falar sobre o assunto ressaltei a plena identificação que eu tenho com os objetivos que se pretende alcançar com a realização dessa 1ª Semana de Segurança Pública.
Eu e meu filho, vereador Maurício Gasparini, com o Cap. PM Maurício Rafael Jerônimo de Mello

Confira a programa da “Semana”:

15 de agosto (terça-feira)
Local - Auditório do CPI-3 da Policia Militar (Av. Cav. Paschoal Innecchi, 1538)
9h - Ciclo de Palestras com o Ten. Cel. PM Alexandre Luis dos Santos, com o Cel. PM Renato Alves Catita e a Superintendente da Guarda Civil Mônica da Costa Noccioli, abordando o tema "Defesa civil e ordem pública"

16 de agosto (quarta-feira)
Encontro dos CONSEG´s da Região Metropolitana de Rib. Preto
Local - Plenário da Câmara Municipal de Rib. Preto (Av. Jerônimo Gonçalves, 1200)
9h - Recepção e credenciamento
9h30 - Palestra com Luiz Fernando Berni (Presidente do CONSEG Sul Rib. Preto) com o tema "Vizinhança Solidária"
9h50 - Palestra com Cap. PM Marcelo Henrique Figueiredo, Comandante da 3ª. Cia do 51º BPM/I com o tema "Prevenção Primária contra o crime"
10h15 - Plenária abordando o tema "O novo papel dos CONSEG´s e Guarda Civil Municipal na Região Metropolitana de Ribeirão Preto", com membros dos CONSEG´s, representantes da Coordenadoria Regional dos CONSEG´s da Região Metropolitana, integrantes do GAMESP - Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica e Segurança Pública

17 de agosto (quinta-feira)
Local - Plenário da Câmara Municipal de Rib. Preto (Av. Jerônimo Gonçalves, 1200)
20h - Sessão Solene na Câmara Municipal de Rib. Preto com a entrega de diploma comemorativo e de honra ao mérito às pessoas que se destacaram por sua atuação na área de segurança pública (Res. nº 122/2014)

18 de agosto (sexta-feira)
Local - Plenário da Câmara Municipal de Rib. Preto (Av. Jerônimo Gonçalves, 1200)
9h - Recepção e credenciamento
9h30 - Palestra com Dr. Augusto Martinez Perez (Juiz Titular da 4ª. Vara Federal de Rib. Preto), com o assunto "Combate à Corrupção"
10h - Fórum de debates sobre o tema com a mediação do vereador Renato Zucoloto (Vice-Pres. da Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de Rib. Preto), com a presença de membros da Polícia Federal, Secretaria Estadual de Segurança Pública, Ministério Público Estadual (GAECO), Ministério Público Federal e demais autoridades na área de segurança

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

HOJE É O DIA DO ESTUDANTE E DO ADVOGADO!

Meu filho, vereador Maurício Gasparini, com os seus homenageados: Dr. Daniel Rondi e Dr. Fernando Borges
Hoje é comemorado, no Brasil, o Dia do Estudante. Essa comemoração acontece desde o ano de 1927 e teve como ponto de partida algo que ocorreu cem anos antes, quando o então imperador Dom Pedro I autorizou a criação das duas primeiras faculdades no Brasil, a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco, e a Faculdade de Direito do Largo do São Francisco, em São Paulo. Por esse motivo, no dia 11 de agosto, também comemoramos o Dia do Advogado.
Em nome dos meus netos parabenizo todos os estudantes e em nome dos advogados Daniel Rondi e Fernando Borges, que foram homenageados ontem pelo meu filho, vereador Maurício Gasparini, em solenidade realizada na Câmara Municipal de RP, parabenizo os advogados de todo o Brasil!



O SONHO DA CASA PRÓPRIA


Welson Gasparini

Cento e setenta famílias que moravam na Favela das Mangueiras, a ocupação mais antiga em Ribeirão Preto, começaram a ser transferidas na última quarta-feira, 26, tão logo o governador Geraldo Alckmin e o prefeito Duarte Nogueira entregaram as primeiras chaves do Empreendimento Mário Chiariello, construído pela CDHU com essa finalidade. Antes, porém, Prefeitura e Governo do Estado formalizaram um documento de renovação do Programa Cidade Legal, tido como mais uma ferramenta no combate ao déficit habitacional e regularização de núcleos habitacionais.
Participei, com muita emoção, da entrega dessas chaves ao lado, também, do secretário estadual da Habitação, Rodrigo Garcia, de vereadores e de representantes de entidades de classe como a ACIRP (Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto) e Aeaarp (Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto). Esses 170 apartamentos foram construídos na avenida dos Andradas nº 1.900 para priorizar a transferência de famílias em situação iminente de risco social e/ou ambiental da Favela das Mangueiras, estando distribuídos em prédios de quatro andares, sendo 82 com dois dormitórios e área útil de 59,27 metros quadrados e outros 88 com três dormitórios e 67,17 metros quadrados de área útil num investimento da ordem de R$ 54,7 milhões.
Para mim – e digo isto com a experiência de quem já foi inquilino e sabe o quanto é doído aquele suado dinheirinho sem volta representado pelo pagamento de alugueis – nenhuma alegria supera para o chefe de família o acesso a uma casa própria, a um cantinho que possa chamar de “seu” onde possa abrigar-se junto com a esposa e filhos. A casa própria é um sonho que o governo do Estado de São Paulo vem viabilizando, com maior ou menor intensidade, utilizando recursos viabilizados por parcerias com entidades como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, por meio do programa federal Minha Casa, Minha Vida, alcançando cerca de 100 mil unidades até 2015.
Participei, tanto na condição de prefeito de Ribeirão Preto como na de deputado, de inúmeras solenidades de entrega de unidades habitacionais e nunca deixei de me emocionar com a justa e santa alegria dos contemplados. É um momento único na vida dessas famílias! Um momento, realmente, inesquecível. Parabenizo, assim, o governador Geraldo Alckmin por viabilizá-lo através de construções tanto na capital quanto em cidades do interior num investimento social de alta relevância: ao transformar o inquilino em proprietário o governo valoriza a própria cidadania.
Sei que o déficit habitacional é grande, enorme mesmo, tanto no Estado de São Paulo quanto em todo o país: a necessidade de moradia é imperiosa tanto nos grandes centros quanto nas pequenas cidades, daí ser louvável o empenho do governo paulista em – inobstante as dificuldades ensejadas pelo atual momento político e econômico vivido pelo Brasil – continuar investindo na construção de moradias populares, realizando assim o sonho de casa própria de milhares de famílias em nosso Estado.

FRENTE PARLAMENTAR DE COMBATE AO TABACO


Welson Gasparini

Nenhum brasileiro desconhece a realidade triste vivida pelo nosso país na qual as arrecadações dos governos federal, estaduais e municipais – acompanhando a queda das atividades econômicas – caíram e estão caindo cada dia mais. Em casa onde falta pão – diz um sábio ditado popular – todo mundo briga e todo mundo tem razão! Assim, vejo com naturalidade as manifestações de servidores públicos municipais, estaduais e federais cujos salários – pela própria impossibilidade dos governantes liberarem reajustes compatíveis – estão defasados.
Tenho recebido em meu escritório regional de Ribeirão Preto e também em meu gabinete na ALESP solicitações de inúmeras categorias profissionais ligadas ao Estado pleiteando, com justa razão, melhorias salariais. Ainda recentemente, quando o plenário da ALESP foi ocupado por fiscais fazendários na luta por um reconhecimento maior, tive oportunidade de focalizar minha intenção de criar uma Frente Parlamentar de Combate ao Tabaco como meio, inclusive, de evitar a dispersão de recursos públicos no tratamento dos males resultantes desse que é, a meu ver, um dos piores inimigos da saúde da população mundial: o fumo!
Acabo de receber um estudo, feito pelo Instituto Nacional de Câncer e pelo Ministério da Saúde, sobre o tabagismo no Brasil. Esse estudo mostra o quanto gasta o Poder Público – numa época de penúria absoluta em seu orçamento – em função do cigarro: R$ 56 bilhões. A pesquisa não dimensiona, claro, o sofrimento que o cigarro produz nos fumantes e em seus familiares diante das ocorrências, sobretudo, de doenças pulmonares e cardíacas. Mas dimensiona, sim, o quanto é gasto, por exemplo, com as doenças pulmonares (R$ 16 bi); cardíacas (R$ 10 bi), mais R$ 4 bi em cânceres diversos (do esôfago, do estomago, do pâncreas, da bexiga e da laringe).
Eu poderia focalizar outros aspectos desta pesquisa, mas fico no resultado final: são 56 bilhões de reais por ano para atender a quem fuma e acha bonito fumar quando, na verdade, está praticando um suicídio lento.
Daí, acredito, a importância de uma Frente Parlamentar especifica para tratar da questão do tabagismo. Esse dinheiro gasto com fumantes poderia ser utilizado, por exemplo, para elevar o salário dos fiscais tributários, dos professores, dos policiais militares e civis, enfim, de todo o funcionalismo ansioso por um reconhecimento salarial melhor.
O combate ao tabaco deve ser, imagino, um ato de cidadania para o qual devemos convocar os professores, os pastores e os pais de família no alerta contra os males desse terrível vicio e no repúdio à propaganda enganosa dos fabricantes que colocam produtos no fumo de modo a tornar o cigarro mais saboroso no sentido de atrair novos fumantes. Cigarro, afinal, mata! 
A grande alternativa pela qual deverá se empenhar a Frente Parlamentar que pretendo formar é, basicamente, tratar o cigarro como droga e colocá-lo, assim, à margem da lei, com todas as restrições inerentes ao seu comércio e ao seu consumo! 

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

ESTÁ CHEGANDO A 1ª SEMANA MUNICIPAL DE SEGURANÇA PÚBLICA

No próximo dia 14/08 será iniciada, em Ribeirão Preto, a 1ª Semana Municipal de Segurança Pública. Serão momentos de extrema importância para discutirmos os rumos da segurança pública da nossa cidade. Participe!
Para obter mais informações sobre a Semana de Segurança Pública de RP entre em contato com o gabinete do meu filho, vereador e presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Ribeirão Preto, Maurício Gasparini. Telefone: 16 3607-4048.


INAUGURAÇÃO DO CENTRO MÉDICO DO RIBEIRÃOSHOPPING

Compromissos na Assembleia Legislativa na última quarta-feira, 09, impediram-me, conforme desejaria, de acompanhar a solenidade de inauguração da 9ª. Expansão do RibeirãoShopping representada por um moderno Centro Médico com mais de 30 clínicas, Day Hospital, centro de imagem, laboratório de análises clínicas, auditório, café e um centro de estudos trazendo um inovador conceito de prestação de serviços na área de saúde; um complexo reunindo  atendimento de diversas especialidades médicas, tecnologia de ponta, conforto e facilidade para os pacientes, num investimento total estimado em R$ 100 milhões.
Na ocasião, fui representado pelos meus filhos Júnior, Maurício e Marcelo que, em meu nome, parabenizaram José Isac Peres, presidente da Multipan e Felix Diez, superintendente do Ribeirãoshopping, por esse empreendimento que expressa a confiança desses empresários no potencial ribeirãpretano. 

O DESEMPREGO NO SETOR VAREJISTA


Welson Gasparini

O desemprego, infelizmente, afeta todas as categorias profissionais do país mas, entre os mais afetados, está o varejo brasileiro que, em 2016, fechou 108,7 mil lojas com vínculo empregatício em todo o país, no pior resultado de uma série histórica iniciada em 2005 quando o comércio varejista fechou aquele ano com um saldo líquido positivo de mais de 45 mil lojas abertas.
Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A entidade explica que, apesar de fechar 2016 com o pior resultado desde 2005, a queda do número de lojas foi menos acentuada no segundo semestre do ano passado, podendo ser um indicio de que a economia está começando a dar sinais de recuperação.
Segundo o economista Fabio Bentes, da CNC, “foi mais um ano ruim para o setor; pior ainda do que o verificado em 2015 quando o número líquido de pontos de vendas fechados atingiu 101,9 mil. E o varejo é um setor intensivo de mão de obra. E, pelos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, em 2015 o setor registrou o fechamento de 175 mil postos de trabalho; em 2016, esse quadro se agravou com fechamento de 282 mil postos de trabalho no varejo.” Trata-se, sem dúvida, de um ano cruel no qual o bolso do consumidor foi bastante surrado pela inflação alta, pela restrição ao crédito e pelo medo do desemprego, afetando as compras a prazo.
A CNC ressalta o fato da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) [do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)] indicar que, entre janeiro e novembro de 2016, o volume de vendas do setor varejista registrou recuo de 8,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, tendo relação direta com a redução do número de lojas.
De qualquer forma, para a CNC - após dois anos de fechamento líquido de pontos de venda - em 2017, o número de lojas deverá apresentar estabilidade, principalmente pela queda da inflação, que deverá fechar o ano em torno dos 4,5% e também porque, no segundo semestre, com uma taxa de inflação menor, abre-se espaço para uma queda maior das taxas de juros; assim, aquelas compras a prazo que vinham sendo prejudicadas pelas taxas de juros tendem a ser normalizadas. De qualquer maneira, o Brasil teve um saldo positivo de empregos formais em abril, segundo o Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho divulgado no dia 16 de maio, registrando o crescimento foi de 59.856 postos de trabalho, equivalente a uma variação positiva de 0,16% em relação ao estoque do mês anterior, quando ocorreram 1.141.850 admissões e 1.081.994 desligamentos. Sete dos oito setores de atividade econômica apresentaram crescimento no nível de emprego, destacando-se os de Serviços, Agricultura, Indústria de Transformação e Comércio.
Enfim, o quadro do emprego no Brasil continua ensejando preocupações mas, embora tênue, já se avista uma pequena luz no fim do túnel.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

UNIVESP ASSINA CONVÊNIOS COM 38 PREFEITURAS PAULISTAS


A Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) assinou convênios com 38 prefeituras paulistas para instalação de polos da instituição. Com a assinatura dos convênios, realizada no último dia 07, a universidade completa 100 polos em 63 cidades do Estado.
Os polos são espaços físicos nos municípios. Eles oferecem a infraestrutura necessária (computadores, impressoras e acesso à Internet) para o estudante participar das atividades da universidade como provas, discussões em grupo e dos trabalhos orientados por tutores. Nesses locais, também é possível solicitar serviços de secretaria acadêmica, assim como tirar suas dúvidas sobre o AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem).
O AVA é a plataforma digital utilizada pelos estudantes para desenvolver as atividades acadêmicas, que incluem as vídeo-aulas e o acesso ao material didático, bibliografia e sistema para sanar dúvidas com os tutores.
Criada em 2012, a Univesp é uma fundação mantida pelo Governo do Estado, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, e credenciada pelo Conselho Estadual de Educação e Ministério da Educação e Cultura (MEC).
A Univesp é considerada a quarta universidade estadual paulista e mantém parcerias com a USP, Unesp, Unicamp e o Centro Paula Souza para o desenvolvimento do conteúdo e coordenação dos cursos.
Por meio desses convênios que foram assinados na segunda-feira, de acordo com o governo estadual, estão sendo criadas mais de 16 mil vagas no ensino superior gratuito em São Paulo. Fico feliz em ressaltar que as cidades de Barretos, Franca, Mococa, municípios de minha região de atuação, contarão com polos da Univesp.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

SÁBADO, 05/08, FOI DIA DE “PROGRAMA DA FAMÍLIA GASPARINI”


Com prazer compartilho, aqui no blog, a live do “Programa da Família Gasparini” realizado no último sábado, 05/08.
Nesta edição nós tivermos o prazer de entrevistar a pres. do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Regina Brito, e a psicóloga e coord. do NAEM (Núcleo de Atendimento Especializado à Mulher), Laura Aguiar, que falaram sobre a comemoração dos 11 anos da Lei Maria da Penha. Em outra oportunidade conversamos com os amigos Ana Lucia Bin e Antônio Pilan que discorreram sobre o “Movimento Serra”, um movimento da Igreja Católica formado por fiéis leigos, homens e mulheres, que amam e se dedicam ao trabalho vocacional.
O “Programa da Família Gasparini” é transmitido, ao vivo, aos sábados, das 10 às 11h da manhã pela Rádio 79 AM e por meio das minhas páginas no Facebook. Participe!

1º ENCONTRO ANUAL DE LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS DE RIBEIRÃO PRETO

Eu e meu filho, vereador Maurício Gasparini, com o presidente da FABARP, Euripedes Ignácio dos Reis
Na manhã de sábado, 05/08, na companhia do meu filho, vereador Maurício Gasparini, participei do 1º Encontro Anual de Lideranças Comunitárias de Ribeirão Preto. Com o tema “A importância da sociedade organizada na defesa dos interesses coletivos”, o evento, promovido pela FABARP (Federação das Associações de Bairros de RP), ocorreu no CineClube Cauim e contou, entre várias participações, com a palestra do sócio fundador do Escritório Brasil Salomão e Matthes Advocacia, Brasil do Pinhal Pereira Salomão.
A pessoas precisam se envolver e contribuir para com as questões comunitárias para que possamos, enfim, construir um futuro melhor, mais digno, mais humano. “Quem não vive para servir, não serve para viver”.

Nós com o advogado Dr. Brasil Salomão